2 de abril de 2018

Não digas que sabe como me sinto,
Como estou,
Ou como sou.
Para ter uma ideia de como vivo,
Será preciso multiplicar-se pelo menos por cinco.

A gente tava precisando;

Observei seus olhos castanhos que conheço tão bem, eles estavam vagando perdidos em meio as folhagens, enquanto o cigarro entre seus dedos queimava sem que ela percebesse. Sua mente voltava aos episódios que compartilhamos nas semanas anteriores, eu tinha certeza.
Por um momento, ela desviou rapidamente o olhar, trombando com o meu que a analisava, ela não se incomodou, já conhecia meus hábitos, e com um esboço de sorriso, colocou o cigarro na boca enquanto abria una latinha de cerveja. A vi saborear o primeiro gole vagarosamente, enquanto observava outros irmãos de sangue perambulando pela grama verde clara que cintilava com o reflexo do sol de outono. A penumbra que nos rodeava já não podia ser sentida, graças ao calor humano que não ousamos negar.
Ela passou a latinha para mim como num ritual, e aceitei de bom grado a cortesia, nossos olhares se encontraram novamente enquanto eu molhava minha boca, e parecia que havíamos conversado um bocado. Ela segurou meus dedos num elo apertado, e naquele momento eu tive certeza de que estava tudo bem.
- A gente tava precisando - disse ela, e puxou mais um trago do cigarro que já estava no fim.
Apenas assenti, enquanto ouvia risos de crianças, primeiros raios de normalidade em meio a confusão.

29 de março de 2018


As pessoas são marcadas em nossas vidas pela intensidade que causam. Por isso, se eu pudesse comparar nossa história com algum elemento da natureza, seriam as fortes chuvas de janeiro, providas do verão, que chegam sem avisar, levam carros e motos com sua fúria, e às vezes até chegam a desabar algumas casas, mas em seguida, suas nuvens são facilmente dissolvidas pelos raios solares e o mormaço evapora o que restou das águas turbulentas da aflição.

16 de março de 2018

Vamos supor,
Que num dia desses eu leve um tiro.
Você será capaz de enxergar além de meu posicionamento político?

8 de março de 2018

Disse que Deus ia mesmo castigar a Síria
Que leu as palavras que justificam a agonia
De centenas de crianças em romaria
Observando a morte desmembrar suas famílias.

É, eu ouvi mesmo que Deus iria castigar a Síria.
Mas existe castigo maior,
Que justificar todo esse terror
Com hipocrisia?

Existe castigo maior do que viver preso à própria incompetência?
Talvez até por medo de analisar a coerência.

Ao invés de justificar matança,
Mostre ao seu Deus que aqui embaixo ainda existe esperança.


Links úteis:

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-43296308

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-43204513

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-43324947

27 de fevereiro de 2018

Ins
ta
bi
li
da
de
é
cha
ma
que
quei
ma o
meu
es
ri
to.

25 de janeiro de 2018

Isso é o que a gente vê por aqui;

Fulano é culpado,
Fulano é inocente.
Enquanto isso,
Metem alienação na cabeça da gente.