23 de março de 2009

Os Meus Olhos;

Olhe dentro dos meus olhos;
e observe como eles se tornaram tão frios.

Procure o brilho que eles tinham;
observe-me de ponta à ponta, e procure o sorriso que tanto iluminava dias.
veja se ainda há algo de bom que eu possa oferecer à alguém.

Procure àquela alegria que contagiava a todos;
o sorriso mais singelo; capaz de encantar pessoas.
E diga-me, o que aconteceu. Apenas diga-me.

Olhe dentro dos meus olhos; e veja a frieza que eles tem.
E por favor, diga-me que não restou somente magoas;
ou qualquer sentimento vão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário