3 de junho de 2011

Voltas e mais voltas;


Já é tarde quando ela resolve que sair debaixo das cobertas não é a melhor coisa, mas já precisa ser feito. Passa manteiga no pão sempre pensando no futuro.

“O que será de mim hoje? E amanhã?”

Ela sabe que isso é um erro, criar expectativas, mas já se tornou um hábito.

Com a caneca de chocolate quente na mão, checa o calendário para saber que dia é hoje, se pasma ao perceber que o ano está passando tão rápido.

- Graças à Deus!- ela exclama em voz alta.

Esse ano não tem sido muito bom para ela, apesar das coisas bonitas que está sentindo no coração, ela sentiu novamente o gosto amargo de ser tratada como segunda opção e ser observada com maus olhos.

Mas existe algum mal em ser feliz?

Não, de fato. Mas, segundos antes do ano passado teminar, foi feito um pedido, quase uma promessa.

“Por favor, peço que neste ano, só fique ao meu lado quem realmente gosta de mim.”

As palavras têm poder.

Ela observou ao seu redor, como se estivesse acabado de acordar de um transe.

- Onde estão as pessoas que a rodeavam tempos atrás?

Muitas delas sumiram... Mas fique calma, muitas delas voltarão! Assim como outras muitas nunca mais serão vistas.

2 comentários:

  1. amei seu blog , seguindo . se quiser siga o meu http://diaryofagirl97.blogspot.com/ .

    ResponderExcluir