26 de abril de 2014

Sobre Sobriedade;

Foge de casa toda vez que algo novo acontece. Nada mais é como antes e isso deprime, se entristece profundamente e vai embora. Partiu procurar suas respostas sobre como ser si mesma novamente. Caminhou pelas ruas escuras de um bairro muito ridículo, onde costumava esgueirar-se pelos cantos com uma risada louca, e o olhar meio embaçado. Não quer ser sóbria. Acha que ta tudo uma merda e volta para trás, tentando procurar onde se perdeu.
A vida é mesmo uma viagem só de ida. Se você não prestar atenção no que está fazendo, vai perder o fio da meada. Ela morria de medo disso.
E agora está jogada procurando uma resposta.
Foda-se minha filha, o mundo não espera, e não vai parar pra você descer! Não importa se está tonta, levanta, dá um jeito nessa cara e mete mais cachaça nessa fanta, porque é a melhor coisa.


Relaxa que depois tudo passa.


17 de abril de 2014

As Batidas;


Essas são as batidas de meu coração,
Na grande maioria das vezes consegue se manter estável.
Mas sempre, num momento ou outro se desregula.
Faz-me perceber que estou fazendo besteira.
Como na maioria das vezes.

Essas são as batidas de meu coração,
Sempre acompanhando o que interessa aos meus ouvidos.
Fazendo meus pés dançarem.

Essas são as batidas de meu coração,
Que muitas vezes só cabem no infinito das palavras.
Daí escrevo.


E este é o meu respirar.

Eu queria morar na praia ;

Só para ver se esse sol ardente descongela meu coração.

8 de abril de 2014

Explane.



Me sinto aquela menina boba de antes toda vez que alguém bate de frente comigo. E a ansiedade de crescer pra poder ter voz ainda martela em minha cabeça com constância. Porém, me olho no espelho, e não vejo mais aquela garotinha, ela cresceu e toma decisões.
Daí perguntei: quando foi que parei no tempo de tal forma, à ponto de me esconder das coisas que devia enfrentar, no auge dos meus vinte anos.
Sorri, saudades do passado alegre todo mundo tem, mas preste atenção meu bem, o que você se tornou está muito melhor.
Me assustei quando percebi.
Explane.