1 de agosto de 2014

A Mesmice Também Mata;

Tenho observado este fato com certa tristeza.
Vejo a chuva cair lá fora pela janela, observo inclusive todas as luzes que se acendem ao cair da lua; as pessoas passando apressadas, algumas sorridentes conversando com as outras. Observo o mundo ao meu redor dentro de uma bolha que quase me impede de ouvir.
Como dói.
Há tanto para saber lá fora, e eu continuo presa em uma gaiola, tentando saber das coisas da vida somente pelo observar.
Algo me incomoda, mas não consigo resolver. Há coisas para fazer, mas não consigo executá-las.
As pessoas me dizem que não há motivos para tristeza, então porque eu me sinto assim quase todo dia?
Como alguém que não sabe para que veio, que passa os seus dias observando quem sabe viver.
E chorando de inveja.

3 comentários:

  1. Como vc escreve bem *O*
    Parabéns pelo blog !
    Seguindo aqui .
    https://bcriativo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Que texto bacana
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir