22 de agosto de 2014

Kisses from Hell;


Anjos caídos.
Não dá para reconhecer, pois perderam sua inocência. Andam por aí (talvez aos pares) com a maquiagem meio borrada, e quando não estão rindo do que não tem graça, lamentam pelos cantos a própria existência.
Alguns sequer sabem que existem.
Vão se deixando levar pelo torpor e a realidade se torna algo completamente utópico, a dor acontece, mas é algo que deve ser sentido lá no fundo.
Não atinge a superfície do reconhecimento.
Deitam-se sobre as calçadas sujas e se deleitam com a mediocridade de suas almas.
Não há nada mais a ser feito.

A não ser chorar e pedir para que essa jornada infindável chegue ao fim, e que haja descanso quando o juízo chegar.

2 comentários:

  1. Meus parabéns, belas palavras, belo tema e bela imagem.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Esse texto me fez lembrar da série Hush Hush, que estou lendo <3

    Beijos,
    Júlia Flores

    http://daydreamingoficial.blogspot.com

    ResponderExcluir