31 de dezembro de 2014

Alguém te perguntou como foi teu dia?


As pessoas os viam,
E diziam:
“Ela é louca demais, por querer caminhar ao lado de quem está perdido.”
“Ele não vai aguentar o jeito dela.”
Ou,
“Ele não tem objetivo nenhum na vida.”
“Ela nunca vai mudar de comportamento.”
As pessoas os viam sorrindo, e falavam.
Falavam.
Elas falavam tanto, que sequer conseguiam entender.
Ora, não é fácil compreender a amarração de um laço, ao menos que você saiba fazer.  
Não é fácil entender a simplicidade de um sentimento, quando não temos sequer a sensibilidade de entender a magnitude de um pôr do sol.
Afinal, às vezes é difícil até mesmo para quem está dentro encontrar o eixo;
E isso acontece.
É a parte importante de um laço,
Mesmo com algum tipo de imprevisto,
ou imperfeição,

As duas pontas continuam juntas.

4 comentários:

  1. Lindo o seu texto Anna, bastante simples e profundo! Feliz 2015!

    Beijo, Joyce.
    olhardeumanerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Joy. Um próspero 2015 para você. :D

    ResponderExcluir
  3. Feliz por ter conhecido teu blog :3 , as vezes é bom parar num cantinho assim para ler reflexões e textos bonitos! Bjs
    www.moniitorando.com

    ResponderExcluir
  4. Simplicidade absurdamente perfeita! Amando seu blog <3

    Rancorizei

    ResponderExcluir