12 de dezembro de 2014

Help;

Pale

É como tentar respirar debaixo d'água,
Simplesmente não dá.
Meus pulmões se encheriam de água, causando dor ainda maior do que seria não respirar.
Fico aprisionada neste calabouço enquanto nada enxergo, apenas esperando o que irá me destruir primeiro.

4 comentários:

  1. Oi Anna muito bonito e muito intenso o poema. beijos

    http://ludymilam.blogspot.com.es/

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo e profundo, amei! Parabéns!

    Beijo,
    http://olhardeumanerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que lindo! Isso de fato descreve muitos momentos da vida. Muitas vezes estou em situações que é como se eu sufocasse em mim mesma e seu poema descreveu essa sensação precisamente.

    Ganhou uma seguidora
    http://pinceluar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joana!
      Sim, há momentos nesta vida que se encaixam precisamente nesta situação, tenho passado por uma porção deles, haha.

      Excluir