25 de março de 2015

Aqui está, esta pequena confissão de amor;

Mais uma vez as pequenas e rosadas flores caem pelo chão,
E são pisadas e ignoradas pelos pedestres que caminham pelas calçadas limpas e perfeitas,
Com os galhos de suas belas cerejeiras protegendo suas cabeças,
Enquanto o frio ar invernal se espalha até sumir,
Fico aqui do outro lado para recebê-lo,
Sem muito bom grado,
Não porque não gosto do frio,
Mas porque preferiria estar em outro lugar.

Mais um ano se passou,
Mais uma vez vocês florescem,
Anunciando a chegada da primavera,
E mais um ano para mim perdido.

Saudades de você,
Que nunca pude ver,
Não nesta vida.

Mas acredito que hora ou outra,
A gente vai se juntar,
E as senbonzakuras「千本桜」
Minha face irão beijar.

Te amo, arquipélago tão desejado.

Um comentário: