25 de novembro de 2016

25/11/2016

Veio o vendaval novamente e tirou tudo de mim.
Bagunçou minhas coisas e fez pouco de minha organização.
Bagunçou meus cabelos,
Esbravejou em meus ouvidos,
E jogou areia em meus olhos.
Não importa!
Eu não tenho mais medo!
Jogue tudo janela afora
Eu arrumarei outra vez.
Mudarei a decoração,
Trocarei de lugar,
Quantas vezes for preciso.

Eu não tenho mais medo de você,

E não vou desistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário