7 de abril de 2017

Até que a morte nos separe;

Agora que sou minha,
Ninguém mais me tira de mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário